23 de jun de 2010

TODOS OS DIAS - quarta-feira

Todos os dias quando chego perto do trabalho passo numa esquina onde fica um vendedor de loteria. Conheço essa senhor há mais de 20 anos. Lembro-me dele de meus tempos de estudante universitário, já na mesma esquina, já no mesmo trabalho. Numa toada de voz típica de vendedor de loteria, usa uma espécie de cantochão em que anuncia:" Ainda hoje há roda, olha a sorte grande, são os últimos números da loteria..." E ouçam ou deixem de ouvir ele continua ali todos os dias com seu anúncio da "sorte grande".

Um desses dias a frase daquele vendedor ficou martelando na minha cabeça. "Sorte Grande!" A loteria vem crescendo nestes dias de crise. As pessoas já tem pouco e ainda gastam o pouco que tem na compra de bilhetes para tentarem a sorte. As probabilidades são ínfimas, mas isso não parece dissuadir os compradores. A esmagadora maioria nunca venceu nada e já gastou milhares de euros ao longo da vida. Mas a ilusão é forte. Agora então, com a loteria europeia, as chances são ainda menores, mas o premio é de milhões de euros e o viciado sonha... e perde dinheiro.

A Bíblia também nos fala de uma sorte grande. A sorte que Deus separou para o homem viver. O destino do homem era maravilhoso, mas apareceu um adversário grande, que lançou uma tentação grande e o homem teve uma queda grande, a maior possível. A sorte grande passou a ser mistério enorme, já que, longe de Deus praticamente nada restou ao homem. Ficou dependente desortes ilusórias e passageiras como a da loteria que se esfuma como um nevoeiro matinal.

Mas nosso Deus que é GRANDE, preparou uma grande salvação pelas mãos de um grande salvador que pagou um grande preço, o maior, sua vida. E por meio de seu grande sacrifício voltamos a ter uma sorte grande. Esse é o evangelho, a verdadeira sorte grande. E nós fomos convidados a participar dela mas também a anuncia-la. Cabe a nós anunciar que a sorte grande está ao alcance de todos e não custa sequer o preço de um bilhete de loteria. É pela Graça de Deus, por meio da fé.

Somos capazes de falar de tanta coisa com as pessoas, do tempo, de política, de futebol, de casa, de família, de amigos, de férias... porque não de Jesus? Porque não da sorte grande? Da próxima vez que qualquer amigo ou colega citar a vida, a sorte, o sucesso, a fama ou outra qualquer coisa dessas vamos pedir ao Senhor sabedoria e ousadia para lhes anunciar a sorte grande, a salvação em Jesus.

"Não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos" Atos 4:20

Nenhum comentário: